Agende Agora!

(62) 99687-6937

Nossos Horários

Seg-Sex: 7h00 - 20h00

Entre em Contato

Agende Agora!

Agende Agora!

(62) 99687-6937

Nossos Horários

Seg-Sex: 7h00 - 20h00

Entre em Contato

Agende Agora!

Procedimentos para resguardar o sigilo e a qualidade da psicoterapia online

Ludmyla Dayrell Alcanfor – Psicoterapia Online – e-Psi: 16915

Para que o sigilo e a qualidade da conexão na psicoterapia online sejam resguardados durante o atendimento, o psicólogo deverá usar, na situação de sincronicidade de atendimento, com seu cliente adulto, a internet conectada por cabo, em seu computador pessoal, com rede de fibra optica, de velocidade alta ( indicado que seja de 100 Megas), com controle de conta do usuário protegido por senha e com antivírus instalado e atualizado.

O psicólogo poderá realizar os atendimentos online por meio de plataformas tecnológicas, como Zoom Meetings e  Skype. Plataformas que possuem protocolo de comunição seguro, que se compromete a manter a privacidade das conversas por meio de um sistema de encriptação que impossibilita o acesso ao que é falado em sessão. Com programa que realiza vídeo/web conferências online, com transmissão de vídeo por camadas, para permitir que o vídeo seja mais leve e utilize menos banda (necessite de apenas 1Mbps de velocidade), para segurança da comunicação utiliza Criptografia Secure Socket Layer (SSL), criptografia 256 bit AES e Compatível com Polycom e Cisco Webex, com controles de recursos do administrador, como autorização do administrador para entrar na sala. E que para acesso do sistema da plataforma seja necessário cadastro de login e senha.

No primeiro contato do cliente com o psicólogo, no atendimento online, é preciso ser adotado o procedimento de informar ao cliente sobre sigilo e orientações sobre o software e antivírus, além conhecer a demanda inicial do cliente. Informando que todas as sessões serão realizadas em sigilo conforme o Código de Ética Profissional do Psicólogo, que as informações do cliente são recebidas somente pela psicólogo e nunca são compartilhadas com outras pessoas ou distribuídas na Internet. Que nenhuma sessão será gravada ou armazenada na plataforma. Contudo, é importante salientar que os serviços mediados por computadores não podem ser considerados como totalmente sigilosos e seguros, pois são vulneráveis a ameaças digitais e, por isso, aconselha – se a não usar computadores públicos e apagar os históricos de conversações sempre após as sessões, com, também, é importante proteger o computador do cliente com um programa de antivírus atualizado e firewall. Também deve ser informado sobre a conexão de internet mais adequada, recomendando que esteja, sempre que possível, conectado em internet por cabo, caso o meio seja por uma rede wi-fi, que tenha  bom sinal para usufruir ao máximo da sessão, reduzindo risco de falha de conexão, em último caso por meio de conexão 4G. Recomenda-se também que tenha velocidade de internet superior a 2 Megas, indicado  que acesse ao link http://www.speedtest.net para verificar as condições da conexão.

Caso tenha problemas de conexão durante a sessão, é preciso instruir a remover a opção vídeo, ficado apenas com o áudio, até que se estabilize a conexão.

O cliente também deve ser instruído, para evitar problemas durante o atendimento, a realizar testes para verificar, não apenas a conexão da internet, como também se os equipamentos estão funcionando de maneira satisfatória. 

Fica firmado o acordo entre o psicólogo e o cliente que o horário combinado para a sessão deve ser reservado apenas para esse fim; que o cliente deve estar sozinho num lugar tranquilo à sua escolha, de forma a favorecer o estabelecimento de um ambiente terapêutico (locais de trabalho, faculdades/escolas e lan house não são adequados), para não surgir interrupções de terceiros ou familiares e que ninguém possa escutá-lo sem sua autorização e que desligue telefones (fixo ou celular).

Adotando tais medidas, o sigilo e a qualidade de conexão durante o atendimento psicoterápico online são resguardados, sendo seguidas as normas estabelecidas pelo Conselho Federal de Psicologia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *